Sul de Minas quer modernizar Circuito das

Sul de Minas quer modernizar Circuito das
O encontro foi um desdobramento da audiência pública realizada pela comissão de Turismo da ALMG, em agosto desse ano.

ALMG - A modernização dos parques das águas como produto turístico e o desenvolvimento econômico do Sul de Minas foram as principais demandas apresentadas, na manhã desta terça-feira (3/11/15), durante visita da Comissão de Turismo, Indústria, Comércio e Cooperativismo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) à Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), em Belo Horizonte. O encontro foi um desdobramento da audiência pública realizada pela comissão, em agosto desse ano, na cidade de Baependi (Sul de Minas), quando foram solicitadas ações para fomentar o desenvolvimento do Circuito das Águas.

O presidente do Circuito Turístico das Águas – Baependi, Filipe Condé Alves, reforçou que a visita é importante para discutir o desenvolvimento econômico da região com base na sustentabilidade. Em sua opinião, a crise hídrica e o aumento do dólar criaram um ambiente favorável para alavancar a estrutura da região. E nesse sentido, para Filipe, as ações regionais, integradas e em parceria com a Codemig e com a Comissão de Turismo da ALMG, são importantes para adotar um modelo de negócios para os parques. “Precisamos do apoio da Codemig para que se faça um estudo sobre a viabilidade econômica dos parques das águas e da fonte de água mineral de Baependi”, pediu Filipe Condé.

Em resposta, o diretor de Mineração e infraestrutura da Codemig, Marcelo Arruda Nassif, disse que o Governo do Estado prioriza essa parceria com os municípios, para o fortalecimento do destino turístico do Circuito das Águas. Ele disse que a Codemig contratou uma empresa especializada para elaborar um modelo econômico de exploração de águas minerais. Afirmou ainda que o Estado tem investido na região e citou as obras de revitalização do cassino de Lambari e a retomada do trabalho relativo ao assoreamento do lago de Caxambu.

Além dessa consultoria especializada, a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Medeiros Azevedo Machado, disse que o Estado contratou a Fundação João Pinheiro para traçar um plano de ação para os próximos três anos no setor de turismo. E que o Circuito das Águas será considerado pela Codemig.

Os prefeitos presentes na visita – Evanderson Xavier (Cambuquira), Ojandir Ubirajara Belini (Caxambu) e Marcelo Faria Pereira (Baependi) – também reforçaram o pedido de investimentos para o setor, para que as cidades do circuito tenham boas condições de receber o turista. Também defenderam ações integradas, em parceria com os municípios e o Estado, para estimular o desenvolvimento da região.

Ações - O presidente da Comissão de Turismo e autor do requerimento para a visita, deputado Antônio Carlos Arantes (PSDB), ressaltou que o encontro foi importante para saber quais encaminhamentos estão sendo feitos pela Codemig para o desenvolvimento do turismo no Circuito das Águas. Ele afirmou que é preciso ter ações para a exploração racional da região, incentivando seu potencial turístico.

Já o deputado Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) destacou a presença de prefeitos e representantes de cidades do Sul de Minas na reunião, como desdobramento da audiência pública realizada em Baependi. Ele disse que é fundamental que o tema seja recorrente para buscar o desenvolvimento do Circuito das Águas e o futuro do setor. Nesse sentido, ressaltou que os investimentos na região têm sido importantes, mas os prefeitos estão preocupados com as novas diretrizes e o planejamento a longo prazo.

Colunistas