Setur faz levantamento do setor hoteleiro para incentivar neg

Setur faz levantamento do setor hoteleiro para incentivar neg
Ideia é promover ações que vão melhorar e ajudar na sustentabilidade do setor

Da Agência MinasEm 2014, Minas Gerais recebeu um fluxo de 24,4 milhões de turistas, número 6% maior do que o do ano anterior. E, embora o número de estabelecimentos hoteleiros tenha aumentado com a Copa das Confederações em 2013 e a Copa do Mundo em 2014, manter a taxa de ocupação em alta nos hotéis pode ser um desafio. Para fazer um diagnóstico e ajudar na sustentabilidade do setor, a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur) está fazendo um Censo Hoteleiro em algumas cidades mineiras.

Segundo o diretor de Pesquisa, Informação e Estatística da secretaria, Rafael Oliveira, a pesquisa é online e, a princípio, foi enviada aos estabelecimentos hoteleiros de Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberlândia, municípios que receberão delegações durante a Olímpiada Rio 2016. “A ideia é diagnosticar a situação da oferta de produtos e serviços para auxiliar na elaboração de políticas públicas de incentivo ao setor”, explica.

Os dados serão analisados, e, a partir deste diagnóstico, poderão ser desenvolvidas ações de sustentabilidade, preservação de patrimônio e, principalmente, fortalecimento da indústria hoteleira. “Outro ponto importante do Censo é que ele será utilizado para levantarmos os impactos dos Jogos Olímpicos nesses locais”, diz Oliveira.

“A pesquisa é composta por questões quantitativas e qualitativas, então estamos colhendo comentários dos gestores para detectar os gargalos”, complementa. Ainda não há previsão de quando a pesquisa será aplicada em outros municípios.

Além do e-mail, a Setur está entrando em contato por telefone com os responsáveis pelos empreendimentos, para, no próximo dia 30, fechar os dados dos três municípios. A expectativa é a de que os resultados sejam divulgados em meados de outubro.

Colunistas