Circuito Turistico Mata Atl

Circuito Turistico Mata Atl
Durante semana do turismo em Ipatinga, empreendedores vão discutir novas oportunidades de negócios para a região

Da Agência Minas - Belezas naturais, hospitalidade e gastronomia colocam as cidades mineiras em destaque na rota do turismo nacional. Nesse cenário, as oportunidades de negócio e de fortalecimento da economia local mobilizam representantes do poder público dos municípios do Vale do Aço e os empreendedores.

Eles vão discutir o assunto durante a 3a Semana de Turismo de Ipatinga, que começa no próximo domingo (27/9) e vai até o dia 4 de outubro.

A programação inclui seminário, com debate sobre fomento e roteiro de turismo rural, feira de produtos típicos, oficinas de artesanato e cursos de capacitação. A Semana de Turismo servirá para a troca de informações e apresentação de novas alternativas para o turismo regional.

Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo, Santana do Paraiso, no Valo do Aço, além Marliéria, São Domingos do Prata, Açucena e Belo Oriente fazem parte do Circuito Mata Atlântica. A região possui cerca de 500 mil habitantes.

Tradicionalmente conhecida por concentrar usinas siderúrgicas de grande porte e ter a economia dependente dessas empresas, a região quer ser lembrada também por outras vocações turísticas.

Quase 200 atrativos

Além do turista em busca de negócio, proprietários de hotéis, donos de restaurantes, prefeituras e gestores do turismo querem atrair turistas de fora e da própria região para apreciar a cultura local, a gastronomia e o ecoturismo.

“Nosso objetivo é que o Vale seja conhecido além do aço”, afirma o presidente do Circuito Turístico Mata Atlântica, Horácio de Carvalho, destacando as festas típicas, cachoeiras, parques naturais, hotéis fazendas, pousadas e outras atrações e serviços que podem ser oferecidos aos visitantes.

O Circuito Mata Atlântica é um dos incentivadores e parceiros nas ações de estímulo ao turismo local, junto com as prefeituras, Sebrae, Senac, Emater, empreendedores e representantes do setor de serviços.

O trabalho feito pela inciativa privada e instituições de fomento tem permitido a catalogação de 198 atrativos turísticos da região, a capacitação dos empresários na gestão de negócios, orientação técnica de agricultores familiares na produção de quitandas, realização de fóruns e congressos para troca de informações.

Nova perspectiva

Segundo Horácio Oliveira, depois dessas ações os empresários começaram a ter outra visão do turismo, investindo no setor com mais qualidade e de forma estratégica.

André Maia Magalhães, dono de um hotel tradicional em Timóteo, tem a maior parte da clientela formada por executivos e funcionários das usinas instaladas na região, e de pessoas contratadas para desenvolver algum trabalho nessas empresas. Esses clientes representam 85% da ocupação do hotel. Os outros 15% são visitantes.

O empresário, que faz parte do grupo de empreendedores interessados em investir no turismo no Vale do Aço, acredita no potencial ecológico, cultural e gastronômico da região para atrair outro perfil de visitante. “Estamos trabalhando para isso e temos expectativa de aumentar o turismo de lazer e fortalecer a economia local”, afirma André Magalhães.

Panorama do setor

Pesquisa feita pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) mostra que, em 2014 o estado recebeu 24,4 milhões de turistas, número 6,1% maior que o ano de 2013. No período, o setor injetou mais de R$ 17 bilhões na economia mineira.

O estudo também aponta que a receita direta gerada pela pessoa que veio a Minas Gerais fazer negócio, em 2014, foi de R$5,66 bilhões. Esse visitante gastou, em média, R$1.021 por viagem, permanecendo no estado cerca de 10 dias.

Identidade consolidada

Na avaliação do diretor de Pesquisa e Estatística da Setur, Rafael Oliveira, o desempenho positivo se deve à divulgação e consolidação da identidade de Minas Gerais como destino turístico, principalmente durante a Copa do Mundo. Ele diz que a expectativa para 2015 também é de crescimento ou de manutenção da média do ano passado.

Um dos indicativos dessa estimativa é o levantamento do Ministério do Turismo que mostrou que Minas Gerais deverá ficar em quarto lugar no ranking dos estados que mais irão receber turistas nos feriados prolongados de 2015.

Para saber mais sobre o Circuito Mata Atlantico, acesse o endereço eletrônico http://www.circuitomataatlantica.com.br/

Colunistas