STJ decide que apenas a ALMG poder

STJ decide que apenas a ALMG poder
Vitória para o governador foi dada por 8 a 6 na Corte Especial do STJ

Pautando Minas - Apenas a Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) poderá decidir se Fernando Pimentel será réu na "Operação Acrônimo", segundo decisão da Corte Especial do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) nesta última quarta-feira (05).

A sessão que foi marcada por um certo bate-boca entre três ministros que defendiam que a ALMG necessitava de uma aprovação prévia para que Pimentel se tornasse réu e o relator do caso, ministro Herman Benjamin, que defendia que não era necessário o aval da Assembléia.

Com isso, oito ministros votaram a favor da ALMG aprovar a abertura processual: Napoleão Nunes, Luis Felipe Salomão, João Otávio de Noronha, Jorge Mussi, Raul Araújo, Felix Fischer, Benedito Gonçalves e Humberto Martins.

É bem possível que a matéria entre em votação na próxima semana na ALMG.

Colunistas