Enfrentamento

Enfrentamento
Ação da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com a coordenadoria municipal da Mulher, envolveu cerca de 120 profissionais

Da Agência Minas - Profissionais dos Centros de Referência de Atendimento à Mulher, Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Polícia Civil e Polícia Militar participaram, em Juiz de Fora, de uma capacitação com foco no Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

A iniciativa da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da coordenadoria especial de Políticas Públicas para Mulheres (Cepam), em parceria com a coordenadoria municipal da Mulher de Juiz de Fora, envolveu, na quarta-feira (15), cerca de 120 profissionais no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na região central da cidade.

De acordo com a coordenadora Especial de Políticas Públicas para Mulheres (Cepam), Eliana Piola, Juiz de Fora é um município-polo e demanda ações específicas para o enfrentamento à violência contra a mulher. “Queremos capacitar esses profissionais por meio das ferramentas e das estruturas que esse município dispõe. Para isso, iremos debater diversos temas, de maneira a incentivar o trabalho em rede e proporcionar a articulação entre os diversos órgãos”, explicou.

Cepam

Criada em 2007, a Cepam elabora, coordena, avalia e executa ações das políticas públicas estaduais voltadas para o público feminino, além de também ser a responsável pelasações do pacto nacional pelo enfrentamento à violência contra as mulheres. Em 2013, a coordenadoria capacitou 1.935 técnicos e técnicas, em 284 municípios do Estado de Minas Gerais.

Colunistas